Províncias

Mais crianças na escola do Londuimbale

Adolfo Mundombe e Tatiana Marta | Londuimbali

O chefe da repartição da Educação do município do Londuimbale, província do Huambo disse que mais de 34 mil alunos, da iniciação à 9ª classe, foram matriculados, na circunscriçaõ, no presente ano lectivo, aumentando o número de crianças dentro do sistema normal de ensino.

Mais de 34 mil alunos vão aumentar os seus conhecimentos no próximo ano lectivo
Fotografia: Jornal de Angola

O chefe da repartição da Educação do município do Londuimbale, província do Huambo disse que mais de 34 mil alunos, da iniciação à 9ª classe, foram matriculados, na circunscriçaõ, no presente ano lectivo, aumentando o número de crianças dentro do sistema normal de ensino.
Justino Tchitungo assegurou que para o presente ano lectivo o sector da Educação conta com 788 professores, distribuídos por 195 escolas, em todas as comunas e aldeias.
Tchiungo garantiu que o material didáctico já se encontra na província e está tudo pronto para o início do ano lectivo, em 29 de Fevereiro, na povoação do Luvili, comuna do Alto-Hama.

Ensino de adultos

Cerca de 2175 adultos estão matriculados, no município do Londuimbali, no quadro do novo método de alfabetização “Sim eu posso” e do Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar.
Feliciano Tchicomo, técnico da secção municipal da Educação e alfabetização, afirmou que cerca de 40 facilitadores vão assegurar as aulas dos adultos, cujo início está previsto, também, para o dia 29 de Fevereiro.
A campanha vai contar com a colaboração das entidades religiosas, autoridades tradicionais, administrações comunais, quadros da repartição municipal da Educação e de voluntários.

Fiscalização de obras

O administrador em exercício do município do Londuimbale, Arnaldo de Oliveira Catanga, recomendou um maior cumprimento do programa das actividades a serem executadas este ano, com vista a aumentar a oferta dos serviços sociais básicos às populações.
O administrador falava na sessão que avaliou o atraso que se verifica nas obras que se realizam no quadro do Programa de Investimentos Municipais 2008/2009, a cargo das empresas Jodany Comercial, Joel e Filhos, Carvalho Mendes, Joaquina Malenga e O.D.H. A vila do Londuimbale regista uma melhoria no fornecimento de energia e a administração procura aconteça o mesmo com o abastecimento nas comunas do Ussoke, Galanga e nas povoações da Kuketa e Vila Franca do Queve.
O director municipal da Energia e Água, Feliciano Satolo, disse que se tem verificado rupturas constantes nas condutas de água canalizada, inauguradas recentemente, e pediu mais intervenção da direcção provincial.
O município não regista graves problemas de criminalidade, mas o administrador em exercício exortou as populações a cooperarem com as autoridades policiais na denúncia de crimes.

Tempo

Multimédia