Províncias

Mais salas de aula e creches na região

Marcelino Wambo | Huambo

Um total de três novas escolas do ensino primário e secundário e igual número de creches são inauguradas, até finais deste ano, na centralidade de Lossambo, arredores da cidade do Huambo, para acolher 3.888 alunos e 692 crianças, respectivamente.

Crianças com acesso facilitado ao ensino
Fotografia: Eduardo Pedro

Em   declarações aos jornalistas, Michal Milhalter, directora da empresa “Focus Education”, encarregue pela construção dos estabelecimentos de ensino da centralidade do Lossambo, afirmou que, no mesmo período, o Governo do Huambo vai colocar à disposição das populações três novos centros infantis (creches).
Michal Milhater esclareceu que os três estabelecimentos de ensino e igual número de centros infantis vão beneficiar ao todo 4.580 crianças e proporcionar perto de 380 novos postos de trabalho, entre professores, educadores de infância e trabalhadores administrativos.
Michal Milhater acrescentou que, neste momento, a “Focus Education”, empresa do Grupo Mitrelli, especializada em projectos educacionais, procede à montagem dos equipamentos dos laboratórios de Química, de Física, de artes plásticas, de informática, bem como ao apetrechamento das salas de aula, operação que vai durar até ao fim do mês de Setembro.
A empresa, além deste projecto, que leva a cabo em parceria com o Governo, através do Ministério da Educação, está também virada à capacitação e superação profissional dos professores e educadores de infância.
Nesta vertente, Michal Milhater informou estar   prevista, até ao próximo ano, a capacitação de 1.400 professores, em Luanda, nos cursos de superação pedagógica, com a intervenção da sua empresa.
A centralidade dispõe de todos os serviços, incluindo 90 lojas, um posto de saúde, três creches, três escolas, uma delas com 24 salas de aula, para atender o ensino primário e secundário, bem como um posto médico, quadra desportiva, rede de esgoto, locais de estacionamento de viaturas para os moradores e uma extensão de estrada de oito quilómetros, completamente asfaltada e sinalizada.
A cidade conta também com um sistema de tratamento de água, energia eléctrica, com capacidade de oito megawatts, para garantir iluminação pública e domiciliar 24 ininterruptas.

Tempo

Multimédia