Províncias

Mais serviços sociais básicos para população do Chinjenje

Justino Victorino | Chinjenje

O administrador municipal do Chinjenje, Hermenegildo Coelho, garantiu sexta-feira que as autoridades provinciais e locais traçaram um plano de acção, para minimizar os principais problemas que afligem a população.

Entre as obras de impacto social em curso no município de Chinjenje destaque para a ampliação da rede de distribuição de energia
Fotografia: António Soares

Hermenegildo Coelho apontou como tarefa prioritária a criação de serviços sociais básicos, no âmbito do Programa de Combate à Pobreza, que visa proporcionar  melhores condições de vida, com investimentos na saúde, educação, comércio, energia e água.
O administrador referiu que, nos próximos tempos, algumas aldeias vão beneficiar de melhorias no estado das vias de circulação, na distribuição de água potável e energia eléctrica, agricultura, educação e saúde.
Hermenegildo Coelho anunciou que a Administração Municipal vai construir mais escolas primárias, com seis salas de aula, alargar a rede de captação, tratamento e fornecimento de água, melhorar a distribuição de energia e construir casas para os funcionários públicos.
A aposta na agricultura, com vista à redução da fome e da pobreza, a luta contra o analfabetismo, a realização de campanhas de limpeza e a reparação de estradas terciárias, assim como a ampliação da rede eléctrica, são outras acções previstas nas aldeias e periferias da Canata, Caponte e Etacavaca. O município do Chinjenje, além dos problemas identificados, carece de agências bancárias, para dinamizar as actividades produtivas e comerciais.
“Nós precisamos de bancos para o fomento de crédito, tanto para o sector agrícola, como para os funcionários”, sublinhou o administrador municipal.
Hermenegildo Coelho admitiu que a falta de serviços bancários afecta todas as áreas económicas e sociais da região.
A maioria da população do Cinjenje, Huambo, pratica a agricultura e a criação de animais. O milho, feijão, batatas rena e doce, hortícolas e mandioca são os principais produtos do campo.

Tempo

Multimédia