Províncias

Mioma de sete quilos foi retirado a cidadã

Uma mulher, de 35 anos, foi operada, na quarta-feira, no Hospital Central do Huambo, para lhe retirarem um mioma de sete quilos.
O mioma, afirmou o médico gineco-obstetra Aleh Trukhan, era do tipo multinodular e apresentava características pouco frequentes.

Uma mulher, de 35 anos, foi operada, na quarta-feira, no Hospital Central do Huambo, para lhe retirarem um mioma de sete quilos.
O mioma, afirmou o médico gineco-obstetra Aleh Trukhan, era do tipo multinodular e apresentava características pouco frequentes.
O especialista bielorusso explicou que a mulher deu entrada no banco de urgência do hospital com a barriga dilatada, como que se estivesse grávida, mas depois de realizada uma ecografia de emergência diagnosticou-se o mioma.
Aleh Trukhan disse supor que o mesmo tenha sido provocado pelo estado de obesidade da paciente, associado a algumas complicações frequentes em mulheres que deixam de dar à luz e não fazem regularmente exames de ginecologia.
O médico referiu ser pouco provável que o mioma seja do tipo maligno, dada as características, mas que vai ser investigado para se identificarem as verdadeiras causas e possíveis efeitos nocivos à saúde da paciente.
Os miomas, de acordo com pesquisas, são tumores benignos não cancerosos, também conhecidos por fibromas, fibromiomas ou leiomiomas.
Desenvolvem-se na parede muscular do útero. O tamanho e localização podem causar problemas em algumas mulheres, como sangramento e dor no baixo-ventre.

Tempo

Multimédia