Províncias

Movimento hospitalar na província do Huambo

Mário Clemente|Huambo

O chefe do banco de urgência do Hospital Central do Huambo, Américo

Pessoal médico presta assistência
Fotografia: Rogério Tuti

O chefe do banco de urgência do Hospital Central do Huambo, Américo
Luis Candumbo, disse, ontem, nesta cidade, que a unidade sanitária atendeu, na primeira quinzena de Janeiro, mais de três mil doentes.
Américo Candumbo disse que o hospital recebe, em média, diariamente, entre 90 a 100 casos, alguns dos quais provenientes das províncias do Bié, Kuando-Kubango, Kuanza- Sul e Huíla.
Luís Candumbo afirmou que os casos mais frequentes são de acidentes de viação e ferimentos por agressão física, queimaduras, ferimentos por armas de fogo e branca e intoxicações motivadas por execsso de bebidas alcoólicas.
O chefe do banco de urgência sublinhou que os casos de acidentes de viação se verificam, com maior frequência, nas vias Caála/ Huambo, Kuito/ Huambo e Huambo/Luanda.

Tempo

Multimédia