Províncias

Mulheres apostam na formação profissional

Tatiana Marta

O Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional na Província do Huambo formou, desde 2008, um total de 14.032 mulheres em vários cursos, informou ontem o responsável da instituição, Domingos Mundombe.

Corte e costura é um dos cursos concorridos e ministrado no centro do INAFOP
Fotografia: José Soares | Edições Novembro


Entre os cursos, constam  os de corte e costura, pastelaria, culinária, informática, administração, gestão de empresas, operações bancárias, empreendedorismo e decoração.
O responsável do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional disse que Executivo criou, até 2025, o programa de formação feminina para melhorar as valências profissionais das mulheres, promover o emprego e aumentar o rendimento familiar.
O programa, referiu Domingos Mundombe, está inserido na política de formação de quadros a nível de base e persegue o rápido crescimento da economia nacional, aumento de emprego  e da efectiva protecção social.
O director provincial do instituto esclareceu  que foram criados oito centros para a formação feminina, recordando que só no ano passado foram formadas 1.650 mulheres nas especialidades de corte e costura, secretariado, pedagogia, pastelaria, culinária e informática. Para melhorar o índice de mulheres no mercado de trabalho e promover o auto-emprego, o Executivo trabalha na expansão das unidades de formação profissional feminina em todos os municípios.Domingos Mundombe disse que com a execução deste programa, pretende-se também tirar cada vez mais os jovens do desemprego, da delinquência e de outras situações de vulnerabilidade.
“As mulheres, em relação aos homens, demonstram uma inferioridade numérica no sector do emprego fruto da vulnerabilidade a que estão expostas, concretamente no que respeita ao preconceito e as obrigações que têm no lar”, precisou o responsável, que explicou que 226 jovens em toda a província beneficiaram, desde 2008, de microcrédito no programa de empreendedorismo.

Tempo

Multimédia