Províncias

Município do Longonjo melhora rede sanitária

Adolfo Mundombe | Longonjo

A administração municipal do Longonjo vai investir na melhoria das condições sanitárias das populações com a instalação, até ao final do ano, de novos equipamentos em todos os postos e centros de saúde do município, disse ao Jornal de Angola a administradora local, Beatriz Tutuvala.

A administração municipal do Longonjo vai investir na melhoria das condições sanitárias das populações com a instalação, até ao final do ano, de novos equipamentos em todos os postos e centros de saúde do município, disse ao Jornal de Angola a administradora local, Beatriz Tutuvala.
A responsável anunciou também a construção de novas unidades nas comunas da Cambinda e Catabola, a aquisição de ambulâncias e a formação de 50 técnicos na área de pediatria.
Beatriz Tutuvala referiu que uma das “grandes prioridades” da sua administração é o aumento de quadros no sector da saúde devido à elevada densidade populacional do município do Longonjo, com a chegada de muitos angolanos vindos da Zâmbia, onde viviam como refugiados.
“O número que de pessoas que procuram cuidados primários de saúde nos centros e postos médicos da região é claramente superior”, afirmou a administradora.
O director da Saúde no Huambo, Frederico Carlos Juliana, reconheceu que as preocupações do Longonjo são extensivas a todos os municípios da província e defendeu, por isso, “o aumento do quadro de pessoal, a expansão da rede sanitária e a participação das comunidades na humanização, planeamento e gestão dos serviços de saúde, como uma das grandes apostas do governo da província até ao final do ano”.

Tempo

Multimédia