Províncias

Novas centralidades erguidas no Huambo com outros estatutos

Marcelino Wambo | Huambo

O Governo Provincial do Huambo aprovou por unanimidade a proposta à categoria de vilas para as novas centralidades construídas na província.

Fotografia: Jaimagens

A proposta avançada durante a sessão extraordinária pelos membros do executivo do Huambo atribui a categoria de vilas às centralidades do Lossambo, arredores da cidade, da Caála e do Bailundo, com vista a conferir a estas novas urbanizações um reconhecimento legal e jurídico.
O governador João Baptista Kussumua afirmou que a proposta aprovada surge da orientação do Ministério da Administração do Território, para a atribuição de nomes, reconhecimento jurídico-legal das novas centralidades, não apenas do Huambo, mas do país em geral.
Durante a sessão extraordinária, os membros do Governo analisaram também as modalidades da comercialização das 2.009 unidades habitacionais nesta segunda fase, assim como a proposta do novo modelo de gestão e recolha de resíduos sólidos.
O governante anunciou que, para a recolha de resíduos sólidos porta a porta e em sistema contentorizado, estão disponíveis tractores e outros meios de apoio ao saneamento básico da cidade.
Por este facto, aconselhou a colaboração dos moradores na denúncia de todos aqueles que atentarem e vandalizarem os referidos meios, no sentido de serem responsabilizados criminalmente.
 Na sessão foram propostos também os preços a serem praticados para a recolha de resíduos sólidos na cidade, que vão de 3.500 kwanzas para os centros urbanos e centralidades, e 500 kwanzas para os bairros e arredores.

Tempo

Multimédia