Províncias

Novas escolas para o Huambo

Marcelino Dumbo | Huambo

Pelo menos seis mil alunos do segundo ciclo do ensino secundário na província do Huambo vão passar a estudar em melhores condições, com a inauguração de duas escolas, com 40 salas cada.

De acordo com o vice-governador do Huambo para o sector económico, Francisco Fato, as duas escolas, a Comandante Bula e Joaquim Kapango, vão funcionar em três turnos.
A escola secundária Joaquim Kapango, além de salas de aulas, comporta também duas salas de informática, com 92 computadores cada, e quatro laboratórios: Química, Geografia, Física e Estudo do Meio. Dispõe ainda de área administrativa, um anfiteatro com capacidade para mais de 400 pessoas, sala de reuniões, balneários para ambos os sexos, biblioteca, cantina, sala de professores e gabinete do director.
As obras foram financiadas pelo Executivo, no âmbito dos investimentos públicos e de expansão da rede escolar.
As autoridades locais, refira-se, apostam na reabilitação e construção de escolas nas comunidades, para inserir mais crianças no sistema normal de emsido e aprendizagem.

Tempo

Multimédia