Províncias

Novos advogados recebem cédulas profissionais

Adolfo Mundombe / Huambo

O Conselho Provincial da Ordem dos Advogados na província do Huambo entregou a 13 novos advogados cédulas definitivas para o exercício da profissão, e certificou 58 estagiários com cédulas provisórias, que participaram numa formação que teve a duração de 18 meses.

Fotografia: DR

O presidente da Ordem dos Advogados na província, Domingos Sassi, disse que a instituição que dirige está a trabalhar para que os filiados tenham actuações que dignifiquem a classe.
“Os nossos profissionais têm de dignificar a Justiça do país”, disse, acrescentando que , “a partir do próximo ano, o acesso à advocacia será feito mediante um exame, em que cada patrono terá apenas o direito de acompanhar dez advogados estagiários”.
Domingos Sassi informou que está previsto a revisão dos programas curriculares dos centros de formação de advocacia, com vista ao reajuste das matérias a serem ministradas, para que estejam em consonância com os desafios da classe.
Por seu lado, o vice-governador provincial para o Sector Político, Económico e Social, José Cornélio, pediu aos novos advogados “rigor e transparência” no exercício da actividade, salientando que “o número de juristas e advogados na província é satisfatório”.

Tempo

Multimédia