Províncias

Obras da cidade universitária do Huambo previstas para começarem no próximo ano

Vitória Quintas | Huambo

As obras do campus universitário da Universidade José Eduardo dos Santos (UJES), pertencente à quinta região académica, arrancam no próximo ano, assegurou ontem, na cidade do Huambo, o vice-governador provincial para o sector técnico.

Milhares de estudantes vão ter melhores condições para aprender e investigar
Fotografia: Jornal de Angola

As obras do campus universitário da Universidade José Eduardo dos Santos (UJES), pertencente à quinta região académica, arrancam no próximo ano, assegurou ontem, na cidade do Huambo, o vice-governador provincial para o sector técnico.
José Paulo Kai deu a informação quando apresentava o projecto de construção do empreendimento, que tem capacidade para acolher uma população estimada em 250.000 estudantes das diversas unidades orgânicas que compõem a UJES.
O campus da UJES pertence à quinta região académica, que engloba as províncias do Huambo, Bié e Moxico, vai ocupar uma área de 2.500 hectares. Cerca de 15 por cento deste espaço está reservado à construção das faculdades e outros 85 por cento para as zonas verdes e outros dependências do empreendimento.
O vice-governador José Paulo Kai disse que, em termos de funcionalidade, o projecto foi elaborado com base na interligação dos três pilares fundamentais que uma universidade deve ter, as vertentes académica, de investigação e da prestação de serviços. Presente na cerimónia de apresentação, o governador Faustino Muteka disse que a edificação da cidade universitária permite a congregação, no mesmo espaço, de todas as faculdades, institutos e escolas superiores que vão assegurar e contribuir para uma maior mobilidade dos serviços da instituição.
Faustino Muteka salientou que as futuras estruturas são um grande ganho para a província e para os estudantes da UJES, sobretudo, para os oriundos de outros pontos do país e que enfrentam dificuldades em prosseguir os estudos por falta de condições de alojamento.
A cerimónia, que foi ainda testemunhada pelo reitor da UJES, Cristóvão Simões, decanos das faculdades, institutos e escolas superiores, docentes e estudantes, serviu também para encerrar o ciclo de conferências promovido pela universidade, no âmbito dos 69 anos do Presidente José Eduardo dos Santos.

Tempo

Multimédia