Províncias

Parteiras tradicionais em formação

Justino Vitorino | Ecunha

Um grupo de 80 parteiras tradicionais do município do Ecunha, na província do Huambo, frequenta desde ontem um curso de especialização, promovido pela Direcção Provincial da Família e Promoção da Mulher, em parceria com o sector da Saúde.

A acção formativa, com duração de sete dias, visa munir as parteiras tradicionais de competências necessárias para o exercício da profissão e reduzir a mortalidade materno-infantil nas comunidades, com destaque para as rurais. O director provincial da Saúde, Frederico Juliana, assegurou que as autoridades governamentais pretendem mais uma vez profissionalizar as parteiras tradicionais e garantir melhor prestação dos serviços a nível das unidades sanitárias da província. Depois de reconhecer que as parteiras tradicionais têm prestado um auxílio notável ao Sistema Nacional de Saúde, principalmente nas zonas que ficam mais longe das unidades sanitárias, o director garantiu que as acções de formação vão continuar para que as parteiras possam assegurar estes serviços nas comunidades. As participantes ao curso vão beneficiar ainda de um conjunto de material profissional, para melhorarem a actividade. Além deste tipo de acção, a direcção da Família e Promoção da Mulher aposta forte na alfabetização e noutros sistemas de ensino para dotar as senhoras de conhecimentos sobre os seus direitos e obrigações.

Tempo

Multimédia