Províncias

Pedido maior apoio em meios agrícolas

Justino Vitorino|Catchiungo

Sobas e responsáveis das associações de camponeses do sector de Nondolo, no município do Catchiungo, Huambo, solicitaram às autoridades da província maior apoio em fertilizantes e outros meios agrícolas, com vista o aumento da produção e melhoria das áreas de cultivo.

Camponeses pretendem este ano produzir mais alimentos
Fotografia: Eduardo Pedro|Edições Novembro


 O soba Valeriano João Ngola disse ser urgente a aquisição de instrumentos de trabalho, fertilizantes, sementes de diversas hortícolas e de se entrar forma de facilitar o acesso ao crédito de campanha para produzir mais alimentos e explorar outras áreas agricultáveis. "Para a presente campanha agrícola, os camponeses do sector pretendem este ano que a lavoura seja feita de forma mecanizada, salientando que, com isso, haverá aumento de alimentos em grande escala, fomentar os pequenos negócios, assim como melhorar as condições sociais das suas famílias."
Apesar do elevado grau de dificuldades, o soba referiu que a população não cruza os braços e, com poucos recursos ao seu alcance, conseguem apresentar níveis aceitáveis de produção agrícola durante a campanha passada. />“Queremos aumentar o número de associações de camponeses na nossa jurisdição para, em conjunto, podermos conseguir mais financiamentos dos bancos e produzir mais comida para a população”, disse Valeriano João Ngola.
A autoridade tradicional admitiu que a maior parte das famílias tem na agricultura e o comércio informal como a principal actividade no seu dia-a-dia e que garante o sustento do seus lares, dai a importância que o Estado tem prestado aos programas de extensão e desenvolvimento rural.
No sector estão em curso vários projectos, como o alargamento da rede sanitária, do acesso à educação, água potável, melhorias das vias de comunicação e da promoção da formação e a capacitação da mulher rural.

Tempo

Multimédia