Províncias

Plantadas centenas de árvores em Cambiote

Mais de mil árvores diversas para a protecção de ventos foram plantadas no sábado, no perímetro do centro de acolhimento e reintegração de crianças de Cambiote, arredores da cidade do Huambo, numa actividade de campo orientada pelo ministro de Reinserção Social, João Baptista Kussumua.

Mais de mil árvores diversas para a protecção de ventos foram plantadas no sábado, no perímetro do centro de acolhimento e reintegração de crianças de Cambiote, arredores da cidade do Huambo, numa actividade de campo orientada pelo ministro de Reinserção Social, João Baptista Kussumua.
No centro, com capacidade para acolher cerca de 260 crianças em regime de internato e construído numa área de 240 mil metros quadrados, serão igualmente plantadas árvores de frutas diversas e pinheiros, entre outras que possam igualmente contribuir para a protecção de ventos da respectiva instituição.
Em declarações a imprensa, o ministro considerou importante a iniciativa de plantação de árvores em arredor do centro de acolhimento.  O governante referiu que, as obras de construção da unidade vão contribuir para o combate ao fenómeno das crianças de rua e acolher os petizes vulneráveis. João Baptista Kussumua realçou a iniciativa, graças à qual as crianças terão a noção de estar a entrar num lugar confortável e de excelência, construído pelo Executivo, onde vão ser defendidos os seus direitos. Por isso que apelou aos utentes para respeitarem este património.
Assegurou que, nesta altura, estão em curso os acabamentos do imóvel, a criação de meios logísticos e de apetrechamento da instituição, desde a cozinha até aos dormitórios e salas de aula, bem como a recuperação das vias de acesso.
A plantação de árvores no centro de acolhimento e reintegração contou com a participação do governador da província do Huambo, Fernando Muteka, bem como de pelo menos  500 membros da JMPLA.

Tempo

Multimédia