Províncias

População da Chipipa com mais água potável

Justino Vitorino | Chipipa

Mais de 1.500  famílias das aldeias de Kayaya, Bomba Elonda e Tchiquissingui, comuna da Chipipa, na província do Huambo, contam, desde quarta-feira, com mais água potável, com a entrada em funcionamento de três sistemas de captação, tratamento e abastecimento.

Estão a ser recuperados e instalados vários sistemas de captação e abastecimento de água
Fotografia: Marcelo Manuel

O administrador adjunto para Organização e Serviços Técnicos, João Carlos, que falou no acto inaugural, disse que os equipamentos entregues à população vão facilitar  a vida dos habitantes, que têm percorrido longas distâncias em busca de água para o consumo.
João Carlos afirmou que a inauguração dos sistemas de captação e distribuição de água às aldeias acima supracitadas consta da lista das  prioridades do Executivo, que visam melhorar a qualidade de vida da população. Os habitantes da comuna da Chipipa aplaudiram os esforços do Governo do Huambo, por ter colocado à sua disposição o sistema de água canalizada, que, em forma gradual, vai contribuir para a redução das doenças diarreicas agudas nas comunidades.
Orçado em  mais de sete  milhões de kwanzas, o equipamento funciona com o recurso de energia produzida por painéis solares e foi construído no âmbito do programa do Executivo de combate à pobreza.
Relativamente aos sectores da Saúde e da Educação, o regedor da aldeia de Kayaya, Tadeu Epalanga, considerou estável, notando-se um crescimento de infra-estruturas escolares, que têm permitido o ingresso de muitas crianças no sistema normal de ensino e aprendizagem.

Tempo

Multimédia