Províncias

Professores no estrangeiro em busca de experiências

Juliana Domingos| Huambo

A Escola de Professores do Futuro da ADPP (Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo) formou 110 alunos que estão aptos a ministrar aulas nas zonas rurais da província do Huambo, anunciou terça-feira o director local da Educação.

O processo de ensino na província do Huambo vai ser reforçado com mais professores
Fotografia: Jornal de Angola

Manuel Sampaio do Amaral salientou que os jovens terminaram recentemente a formação pedagógica no Huambo, num curso em que houve intercâmbio com estudantes da Namíbia, Tanzânia, Zimbabwe e Moçambique.
A experiência nos outros países durou cerca de quatro meses e os estudantes mantiveram contactos com questões de política, agricultura, cultura e língua inglesa nos países vizinhos. Os trabalhos decorreram sob o lema “A experiência é a maior sabedoria das nações e a prática o critério da verdade”.  O director da Educação mostrou-se satisfeito com o trabalho que os alunos desenvolveram, esperando-se que eles possam transmitir estes conhecimentos nas salas de aulas.
O director da escola da ADPP no Huambo, Rume Hauglund, disse que os resultados da digressão são satisfatórios, tendo confirmado que os alunos formados estão aptos a exercerem as actividades docentes nas zonas rurais.
Esta é a primeira experiência que se realiza com estudantes da província do Huambo, que visa formar professores de forma integral, com conhecimentos sólidos.
Os estudantes mantiveram contactos com a realidade de outros países e mostraram estar prontos para contribuir para a formação de outros jovens e crianças das zonas rurais da província.

Tempo

Multimédia