Províncias

Programa de alfabetização aderido por mais mulheres

Adolfo Mundombe | Huambo

Mais de oitenta por cento das mulheres da província do Huambo aderiram ao Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar (PAAE).

Muitas pessoas estão a aprender a ler
Fotografia: Huambo

Mais de oitenta por cento das mulheres da província do Huambo aderiram ao Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar (PAAE).
Segundo o coordenador provincial do referido programa, Pedro Manuel Tchiyaya, nos onze municípios do Huambo as mulheres estão mais receptivas às campanhas de alfabetização em relação aos homens, porque, como reconheceu, “têm menos complexos para aprender a ler e escrever na idade adulta”.
Pedro Manuel Tchiyaya sublinhou que o PAAE decorre com “sucesso”, assinalando que, para o presente ano lectivo, foram matriculados 41.747 alunos, que são alfabetizados nos módulos 2, enquanto 10.753 estão inscritos no método de ensino “Sim, eu Posso”, que conta com apoio da cooperação cubana.
A província do Huambo está a realizar actividades com o objectivo de estimular a participação de homens e mulheres nas diferentes formas de aprendizagem, assim como aumentar o acesso à informação, aconselhamento e orientação dos alfabetizados.

Tempo

Multimédia