Províncias

Projecto Sorriso leva saúde oral à escola

Tatiana Marta | Huambo

Uma escola modelo em saúde oral, inaugurada esta semana no bairro Boa Vista, arredores da cidade do Huambo, vai passar a tratar dos dentes de crianças e professores.

Criada por iniciativa do “Projecto Sorriso”, esta primeira escola dispõe de quatro salas com água canalizada e destina-se a prestar serviços de estomatologia às crianças e professores primários.
O vice-governador para os serviços técnicos e infra-estruturas, Francisco Kissanga, considerou que a iniciativa se reveste de grande importância, por criar condições para uma vida mais saudável para as crianças e profissionais da educação com problemas de saúde oral. “A saúde começa na boca. Se não tivermos dentes em condições, não vamos poder alimentarmo-nos bem.
Por essa razão, a equipa do “Projecto Sorriso” está à disposição dos alunos matriculados nesta escola, para motivar a rotina da higiene pessoal, como lavar as mãos depois de usar o quarto de banho e antes de comer, e escovar os dentes após as refeições”, salientou o vice-governador.
A responsável de Saúde Pública no Huambo, Georgina Figueiredo, referiu que este projecto vai permitir a alunos e professores, assim como aos moradores do bairro, adquirir consciência da importância dos cuidados de saúde oral e prevenção contra a cárie dentária.
A coordenadora do projecto, Sarah Leandro, disse que se trata de uma experiência única, que nos próximos tempos vai ser expandida a outras escolas primárias de todos os municípios da província, para evitar deslocações e elevar o nível de conhecimentos sobre a importância da saúde da boca.
“A nossa intenção é ajudar a diminuir as cáries dentárias, com a deslocação de equipas, todas as semanas, às escolas modelo e fazer consultas gratuitas com vista a melhorar a saúde oral”, explicou.

Tempo

Multimédia