Províncias

Sector da Saúde intensifica assistência às populações do interior da província

O chefe do departamento da assistência médica da Direcção Provincial da Saúde no Huambo, Cesário Sapalo, anunciou, no município da Caála, que vai ser intensificada a assistência médica e medicamentosa às populações, para garantir o desenvolvimento socioeconómico das comunidades.

Baixar os índices de mortalidade é uma das apostas das autoridades locais
Fotografia: Jornal de Angola

O chefe do departamento da assistência médica da Direcção Provincial da Saúde no Huambo, Cesário Sapalo, anunciou, no município da Caála, que vai ser intensificada a assistência médica e medicamentosa às populações, para garantir o desenvolvimento socioeconómico das comunidades.
Esta posição foi expressa no acto de abertura da Feira da Saúde no município da Caála, onde assegurou que as populações vão ter acesso a vários serviços sanitários.
A iniciativa é orientada por médicos e enfermeiros nacionais e estrangeiros e foi organizada pela Direcção Provincial da Saúde. Na feira, estão a ser feitos exames à hipertensão, malária, testes de glicemia, VIH/SIDA, doação de sangue, análise do sal de cozinha e realização de palestras sobre técnicas preventivas de saúde.
A saúde oral e o tratamento de oftalmologia são outros serviços médicos disponibilizados gratuitamente, para assistir os habitantes da cidade da Caála, convidados a participar.
O chefe do departamento de assistência médica disse que a sua equipa de trabalho está empenhada em levar os programas de tratamento de saúde a todas as comunidades da província do Huambo, para abranger a maior parte da população do Planalto Central. Cesário Sapalo destacou que o sector da saúde vai também intensificar as acções que garantam a saúde das pessoas do ponto de vista físico e mental, realizando, de forma rotineira, projectos de assistência sanitária e técnicas preventivas. “Esta é uma acção para darmos cumprimento às actividades do Executivo de levar a saúde às populações”, disse o chefe do departamento de assistência médica, quando falava dos objectivos da Feira da Saúde na Caála.

Infra-estruturas sociais


Mais de 18 milhões de kwanzas foram empregues pelo Governo Provincial na reabilitação de um posto de saúde e na construção da residência para os técnicos do sector, nas aldeias do município da Ecunha,  disse à Angop o administrador local, Calisto Cesário Tchissaluquila.
O empreendimento, posto à disposição das populações, vai beneficiar mais de 2.622 habitantes, maioritariamente camponeses.
O posto de saúde, reabilitado e apetrechado com meios modernos, vai assistir as populações das aldeias da Calessi, Tchissonaga, Buindo e Cambala.
A população do município do Ucuma passou a dispor no domingo de uma escola do ensino primário, com quatro salas e capacidade para albergar mais de 590 alunos em três turnos, inaugurada no âmbito das festividades do Dia da Independência Nacional (11 de Novembro) pelo vice-governador da província do Huambo para o sector económico, Francisco Fato.
No Chinjenje, o vice-governador procedeu igualmente à inauguração do edifício da administração e de um posto de saúde.

Tempo

Multimédia