Províncias

Sectores de âmbito social registam maior dinâmica

Justino Vitorino | Huambo

O governador do Huambo, Fernando Faustino Muteka,  disse que os sectores da Saúde, Educação, Habitação, Energia e Águas foram os que mais progressos registaram na província no primeiro semestre deste ano.

O governador do Huambo, Fernando Faustino Muteka,  disse que os sectores da Saúde, Educação, Habitação, Energia e Águas foram os que mais progressos registaram na província no primeiro semestre deste ano.
Faustino Muteka, que fazia um balanço das actividades do Governo Provincial, lembrou que, com a construção de mais 18 centros de saúde, o Huambo passou a ter 74 unidades clínicas.
A província tem dado passos significativos no sentido de garantir assistência médica e medicamentosa a toda a população, mesmo as comunidades do interior da província.
O governador referiu que também neste primeiro semestre foram construídas 15 casas para técnicos do sector, reconstruídas 55 unidades de saúde e que a província dispõe de 11 hospitais municipais de referência. Quanto ao programa “Água para Todos”, em curso em todo país, o governador garantiu que beneficia 133.900 pessoas na província.
 Além disso, declarou,  há 16 projectos em curso no sector de Energia e Águas, entre os quais se conta a barragem do Ngove.
A nível da Educação, disse, o número de salas aumentou de 1.227 em 2008 para 2.967 este ano, o que representa um crescimento de 141,8 por cento. Estes indicadores, referiu, permitem prognosticar o aumento, em breve, dos índices de desenvolvimento humano.
O governador anunciou que no primeiro semestre foram criados 649 postos de trabalho, 70 dos quais são consequência do programa do empreendedorismo desenvolvido graças à instalação do Balcão Único de Empreendedor.
A província do Huambo foi contemplada, este ano, com 1.600 fogos habitacionais em construção em oito municípios, que se juntam a 12 mil casas que estão a ser feitas no Huambo, no Bailundo e na Caála.

Tempo

Multimédia