Províncias

Sindicalistas do Huambo passam a ter uma clínica

Marcelino Dumbo| Huambo

Os filiados na União dos Sindicatos do Huambo vão passar a dispor de uma clínica própria, para prestar maior assistência médica e medicamentosa aos seus associados, anunciou na segunda-feira o presidente da União, Adriano dos Santos, que congrega os Sindicatos dosTrabalhadores da Educação, Cultura, Desporto e Comunicação Social.

A unidade hospitalar, com dois edifícios e igual número de pisos, tem capacidade para internar 50 pessoas e prestar serviços clínicos gerais. A obra está a ser erguida com fundos próprios, provenientes da quotização dos filiados nos sindicatos e tem um orçamento inicial avaliado em mais de 173 milhões de kwanzas.
Neste orçamento, explicou Adriano dos Santos, não está incluído o apetrechamento dos dois edifícios em termos de mobiliário e equipamentos, para o qual foi pedido apoio ao Governo Provincial do Huambo e a outras instituições, no sentido de ajudarem a avançar este projecto de impacto social. Quando a clínica entrar em funcionamento, os filiados nos sindicatos vão ter direito a consultas e medicamentos grátis, assim como a terem comparticipação no internamento e análises clínicas dos familiares.
O primeiro edifício de dois pisos vai suportar cinco consultórios, com as especialidades de clínica geral, pediatria, urologia, ginecologia, obstetrícia e cardiologia. Além do bloco operatório, o primeiro edifício da unidade clínica vai possuir igualmente casas de banho e outros compartimentos de apoio, enquanto o segundo, com dois pisos, vai comportar serviços administrativos, farmácia, depósito de medicamentos, refeitório e cinco suites para médicos e enfermeiros. Com a duração de 20 meses, as obras tiveram início em Agosto de 2012, e estão a cargo de uma empresa de construção civil angolana.
Sedes do sindicato  A União dos Sindicatos está ainda a construir sedes em todos os municípios da província.No quadro de investimentos da instituição, foram ainda distribuídas 25 motorizadas às comunas dos 11 municípios.

Tempo

Multimédia