Províncias

Sindicato aborda conjuntura do país

Filipe da Silva| Huambo

A União dos Sindicatos do Huambo deve fazer uma abordagem alargada dos problemas decorrentes da crise financeira que assolam os trabalhadores, disse ontem o presidente da associação,  durante a III reunião do Conselho Geral, que aprovou emendas do relatório de contas do ano de 2017.

Sindicalistas do Huambo lutam por melhores condições
Fotografia: Francisco Lopes | Edições Novembro | Huambo

Adriano dos Santos disse que o Conselho Geral  da União dos Sindicatos do Huambo é um órgão deliberativo e procura soluções para os vários problemas que afligem os trabalhadores.
“Os cidadãos acompanham atentamente as mudanças na governação, sobretudo a determinação do Presidente da República em combater a corrupção, o nepotismo e a impunidade. Temos de lutar para que a distribuição do rendimento nacional seja mais justa,  por forma a me-lhorarmos as condições laborais e salariais”, disse o dirigente sindical.
Na óptica de Adriano dos Santos, a União dos Sindicatos do Huambo deve contribuir com  propostas para as soluções dos problemas que assolam os trabalhadores. “Exorto os trabalhadores a apostarem na formação para poderem fazer frente aos desafios da economia no país.”
A representante do Sindicato dos Trabalhadores Do-mésticos e de Mercados Informais, Elisabeth Kahombo, disse o organisno a que pertence desenvolve esforços para as mulheres trabalhadoras na província  serem inscritas na segurança social.    

Tempo

Multimédia