Províncias

Sindicato tenta evitar greve de professores

A greve convocada pelo Sindicato Nacional dos Professores (SINPROF), de 9 a 27 deste mês, pode ainda ser evitada na  província do Huambo, caso se aprofunde o diálogo com a entidade patronal.

A afirmação é do presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação, Cultura, Desporto e Comunicação Social na província do Huambo, Adriano dos Santos,  que falava durante uma conferência de imprensa.

Segundo o dirigente sindical, é necessário esgotar-se os mecanismos de diálogo, na busca de consensos,  pois  a resolução dos problemas dos professores por força de uma greve acarreta várias consequências. “ Não queremos chegar ao extremo, porque tem outras consequências, tanto de um lado quanto de outro”, disse.

Tempo

Multimédia