Províncias

Sistemas de pré-pagamento são instalados no Huambo

Victória Quintas | Huambo

A Empresa Nacional de Electricidade (ENE), na cidade do Huambo, está a instalar o sistema de pré-pagamento do consumo de energia eléctrica na rede domiciliária.

Pagamentos vão ser melhor controlados
Fotografia: Jornal de Angola

A Empresa Nacional de Electricidade (ENE), na cidade do Huambo, está a instalar o sistema de pré-pagamento do consumo de energia eléctrica na rede domiciliária.
O director provincial da ENE, Gilberto Pessoa, disse ao Jornal de Angola que se está, neste momento, a colocar contadores em várias zonas da cidade.  
“Começamos com a instalação do sistema de pré-pagamento do consumo de energia eléctrica, onde o cliente passa a comprar o seu crédito, que é pago de acordo com a necessidade do consumidor”, disse o director da ENE. 
Gilberto Pessoa referiu que esta é uma forma de ajuste, tanto para o cliente, que paga pelo que vai consumir, como para a ENE, que recebe por aquilo que fornece. 
A distribuição de energia eléctrica às cidades do Huambo e Caála é feita através de três subestações eléctricas, localizadas na Caála, Dango e Benfica.  
O responsável de ENE no Huambo disse que a distribuição de energia na cidade do Huambo melhorou, tendo em conta o número de zonas abastecidas, bem como o seu período de abrangência. 
Alguns bairros periféricos da cidade do Huambo, como S. José, S. Luís, S. Pedro, Calundo Caquelewa e outros, que há muito não tinham energia eléctrica, viram o fornecimento restabelecido.
Gilberto Pessoa reconheceu haver ainda algumas falhas no fornecimento de energia, pelo facto de algumas zonas ainda serem abastecidas pela rede antiga, que apresenta muitas debilidades e não está protegida. 
As duas redes, tanto a nova, quanto a antiga, recebem energia da barragem hidroeléctrica do Ngove. A ENE na província do Huambo está neste momento a trabalhar para a conclusão da reabilitação da rede de média e baixa tensão, para ligar todos os consumidores à nova rede, que é mais fiável.

Tempo

Multimédia