Províncias

Terapeutas tradicionais capacitados no Huambo

Adolfo Mundombe | Huambo

Um grupo de 125 terapeutas tradicionais terminou, no fim-de-semana, no Huambo, o primeiro curso sobre métodos e técnicas de tratamento de doenças.

Vista parcial da cidade do Huambo onde foi realizada a formação de terapeutas tradicionais
Fotografia: JA | Arquivo

Durante o curso, com duração de quatro meses, os terapeutas tradicionais foram capacitados em anatomia humana, patologias, fitoterapia, hidroterapia, massoterapia, pequenas cirurgias, ética e deontologia profissional, enfermagem geral, citoterapia e fisioterapia. O coordenador provincial da medicina tradicional no Huambo, Domingos Fragoso Kulanda, afirmou que acções formativas de género vão continuar e incluem também as parteiras, para melhorar a qualidade de tratamento e diminuir o nível de intoxicação que deriva da falta de observação de algumas normas.
Domingos Fragoso fez saber que existem projectos a serem implementados, como o cadastramento de todos terapeutas e parteiras tradicionais da província do Huambo e o seu enquadramento dentro do sistema nacional de saúde.

Tempo

Multimédia