Províncias

Trabalho dos taxistas é enaltecido na região

Marcelino Wambo| Huambo

O governador do Huambo, João Baptista Kussumua, enalteceu, na cidade do Huambo, os taxitas e mototaxistas locais, cuja actividade tem participado no crescimento económico e social da província.

Mototaxistas prestam bom trabalho no Huambo
Fotografia: Ja Imagens

O governante, que fez este pronunciamento durante um encontro que contou com cerca de dois mil taxistas e mototaxistas, referiu que a actividade de táxi, exercida por muitos cidadãos, maioritariamente jovens, constitui uma mola impulsionadora no desenvolvimento e no crescimento das famílias e da própria  economia de Angola e da região do Huambo.
João Baptista Kussumua aconselhou os presentes a habilitarem-se para o exercício da profissão de taxista junto das entidades afins, da melhor forma, para exercerem o trabalho nas vias públicas, sem quaisquer impedimentos.
Outro conselho do governante foi no sentido de os taxistas legalizarem os seus meios, obtendo o   livrete, título de propriedade, seguro, licença de aluguer, taxa de circulação e o pagamento regular de impostos, de forma a evitarem sanções por parte dos  especialistas de trânsito.
Por outro lado, João Baptista Kussumua recomendou os especialistas de trânsito a moderarem a sua actuação, evitando exageros e extrapolação dos regulamentos e leis que regem o Código de Estrada.
Segundo o vice-presidente dos taxistas no Huambo, Isaac Tchissingui, o pagamento de impostos, aplicação de multas por falta de educação pedagógica de alguns agentes reguladores de trânsito nas suas actuações constam das  preocupações que têm sido apresentadas frequentemente pelos  automobilistas e mototaxistas na província.
Isaac Tchissingui exortou as autoridades policiais a sancionarem de forma severa os agentes reguladores de trânsito que vêem a estrada como uma fonte de rendimento para as suas famílias, extorquindo valores monetários aos automobilistas e mototaxistas nas vias públicas.
O subcomissário Joaquim Pereira frisou que os problemas que afligem os automobilistas, taxistas e mototaxistas nas vias públicas foram bem apresentados e prometeu que, em fórum próprio, vão ser discutidos para que sejam resolvidos.

Tempo

Multimédia