Províncias

Tratados mais de 200 dependentes de drogas e de bebidas alcoólicas

Juliana Domingos | Huambo

O Centro de Acolhimento de Doentes Alcoólicos da Cruz Azul de Angola,  na cidade do Huambo, tratou, nos últimos meses, 207 jovens   dependentes do consumo de drogas.

Fotografia: DR

Ayres Manuel, responsável da instituição, disse que muitos desses jovens, que regressaram ao convívio das famílias, “chegaram ao centro  bastante debilitados, com desequilíbrios e perturbações mentais avançadas”.
“Foram submetidos, durante vários meses, a um tratamento profundo   por especialistas em recuperação de pessoas dependentes de drogas”, disse o responsável, acrescentado que são jovens  provenientes de  dez províncias.
O projecto Cruz Azul, que teve início em 1875 em Londres, é desenvolvido em Angola desde 1992, tendo já reabilitado milhares de pessoas com patologias  diversas.
“A Cruz Azul em  Angola trabalha em parceria com a Igreja Evangélica, com vista a devolver a esperança de vida às pessoas toxicodependentes. Entretanto, quando familiares de pessoas que caíram nas drogas nos batem à porta alertamos que a cura depende em grande parte da pessoa visada,  se ela suportar as normas do centro e o tratamento completo certamente será curada”, disse Ayres Manuel.
O centro acolhe actualmente 59 pacientes, todos do sexo masculino. Está aberto a doentes toxicodependentes de todo país.
“O  nosso centro é uma alternativa para devolver a esperança de vida a cidadãos dependentes de drogas e de bebidas alcoólicas”, ressaltou.

Tempo

Multimédia