Províncias

Unidade sanitária regional necessita de mais técnicos

Mário Clemente | Huambo

O Hospital Regional do Huambo tem falta de pessoal, o que prejudica o atendimento, disse ontem o director provincial da Saúde numa reunião com direcções das escolas da província de formação de técnicos do sector.

Melhoria da qualidade de atendimento aos pacientes passa pelo aumento de especialistas
Fotografia: José Soares

Frederico Juliana afirmou que a situação é agravada com o aumento de pessoas que acorrem ao hospital devido às melhorias registadas nos últimos anos e por também serem atendidos doentes de Benguela, Bié, Cuando Cubango, Cuanza Sul e Huíla.
Para minimizar as carências e melhorar a qualidade dos serviços, a Direcção Provincial da Saúde promoveu um encontro com as direcções de todas as escolas de formação do sector com o intuito de estabelecer algumas regras que aumentem a qualidade do ensino.Frederico Juliana recordou que em 2010, o hospital tinha 24 especialidades médicas, quando agora são 32 e se prevê um aumento nos próximos tempos.
O director do Hospital Regional do Huambo disse que em breve é assinado um memorando entre as Escolas de Saúde e o Ministério do sector que vai melhorar o processo de ensino e garantir técnicos melhor preparados.Welena da Fonseca também anunciou que o hospital recebe dentro de pouco tempo cerca de 1.557 estagiários das escolas técnicas de saúde, o que vai temporariamente atenuar as carências.

Tempo

Multimédia