Províncias

Várias crianças trocam a escola pela pastorícia

Justino Victorino | Huambo

As autoridades tradicionais da comuna do Chiumbo, município de Cachiungo, no Huambo, mostram-se preocupadas com o abandono escolar por parte de um elevado número de crianças para se dedicar à pastorícia e à lavoura, uma situação que tem levado ao encerramento de certas escolas por falta de alunos.

Fotografia: DR

O secretário dos sobas da comuna do Chiumbo, Raimundo Almeida Tchitivale, afirmou que certos encarregados de educação obrigam os filhos a acordarem cedo para se dedicarem à pastorícia e à lavoura, devido também à ausência de professores nas escolas.
O também regedor realçou que outros factores sociais têm influenciado para que as crianças abandonem a escola, como a falta de emprego para os pais, transporte público, material didáctico e merenda escolar.
Chiumbo Feca, director da escola do ensino primário da comuna, pediu à intervenção das autoridades tradicionais e religiosas na sen-
sibilização dos encarregados de educação no sentido de levarem as crianças à escola. “O Governo tem feito grandes investimentos no sector da Educação e é lamentável que os encarregados de educação não estejam a aproveitar” enfatizou.


Tempo

Multimédia