Províncias

Vias de acesso às comunas estão a ser requalificadas

Marcelino Dumbo | Huambo

O director provincial do Huambo das Obras Públicas disse, na quarta-feira, ao Jornal de Angola, que o trabalho de requalificação das vias de acesso às comunas decorre a bom ritmo, apesar das dificuldades financeiras.

O director provincial do Huambo das Obras Públicas disse, na quarta-feira, ao Jornal de Angola, que o trabalho de requalificação das vias de acesso às comunas decorre a bom ritmo, apesar das dificuldades financeiras.
José Adolfo afirmou que muitas comunas deixaram de ficar isoladas graças às obras de requalificação das vias de acesso, que o governo provincial está a realizar para facilitar as comunicações e a circulação de pessoas e bens.
 As estradas que ligam as comunas da Galanga e Cumbila à sede do município do Londuimbali, do Bimbe à sede do município do Bailundo, Cambuengo ao Mungo, Tchinhama à vila do Katchiungo e a da Calima ao sector da Gandavila, referiu, “foram já requalificadas e hoje a circulação naqueles troços está mais facilitada”.
No âmbito das mesmas obras, foi substituída uma ponte de madeira, que se encontrava danificada, por uma metálica, sobre o rio Cunene, no troço Kuando/Sambo.
José Adolfo Morguier frisou que a falta de verbas faz com que não estejam concluídas as obras na comuna do Samboto, no município da Tchicala-Tcholohanga.
“No programa de Investimentos Públicos para este ano, apenas se previa a reabilitação de sete quilómetros de estradas e isto não é absolutamente nada”, disse, adiantando: “fez-se um grande esforço para podermos intervir naquelas comunas”.  As obras começaram há três meses e, anunciou, a conclusão está prevista para dentro de 15 dias

Terraplanagem nos bairros

O engenheiro de construção civil da empresa Angolaca, Luís Neves, assegurou que os trabalhos de terraplanagem, pavimentação de passeios e reabilitação das valas de drenagem, que estão a ser feitas nos bairros da cidade do Huambo, decorrem também sem sobressaltos.
A fonte afirmou que a brigada está fazer trabalhos de terraplanagem e pavimentação nas ruas do bairro Calundo e na via que dá acesso ao mercado da Quissala depois de ter concluído as obras no bairro do Samacau.
Os trabalhos envolvem a instalação de novos sinais luminosos e valas de drenagem fundamentais na época chuvosa. O chefe das obras disse que os bairros do Catoto e da Pilha Seca são as próximas áreas a beneficiarem de intervenções.
Na província do Huambo, para além da reabilitação de estradas, estão em curso obras de construção de infra-estruturas de impacto social, no quadro do programa  de melhoria e aumento da oferta de bens e serviços sociais básicos à população. Das obras em curso, destaque para hospitais e escolas, para melhorar a assistência médica e inserir todas as crianças no sistema normal de ensino.   

Tempo

Multimédia