Províncias

Vila do Luvemba está a precisar de professores

Adolfo Mundombe | Luvemba

A comuna do Luvemba, no Huambo, necessita de mais 113 professores no presente ano lectivo, para poder enquadrar no regime escolar os alunos matriculados que não frequentam as aulas por falta de docentes.

Eurico Lino Kandieyelo, chefe de secção de Educação do Luvemba, disse ontem ao Jornal de Angola que a falta de docentes nas classes de iniciação só é resolvida com a admissão definitiva no regime de funcionalismo público dos candidatos aprovados no concurso realizado em 2014, que ainda não começaram a leccionar por falta de verbas para pagar os salários.

Aceleração escolar


O  coordenador provincial do Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar, Osvaldo Fontes Eduardo, afirmou na cidade do Huambo que o processo tem produzido resultados satisfatórios nas comunidades em que é implementado, fruto do empenho dos professores.
“Este é um processo que decorre desde 2012, sendo que, com tal prática, o Executivo procura erradicar o analfabetismo em todo o país”, disse Osvaldo Fontes Eduardo.
Neste ano lectivo, acrescentou, Osvaldo Eduardo, estão matriculados 73.467 adultos.

Tempo

Multimédia