Províncias

480 alunos deixam de estudar debaixo árvores

A localidade do Lundo, município da Chibia, província da Huíla, conta com a primeira escola construída de raiz, que vai albergar ,no próximo ano lectivo, cerca de 480 crianças que estudavam debaixo de árvores.

Vários níveis de ensino continuam a ser ministrados de baixo de árvores em diversas localidades do interior do país
Fotografia: Edições Novembro

A escola de seis salas de aulas, orçada em 102 milhões de kwanzas, foi entregue à comunidade pelo administrador municipal da Chibia, Sérgio da Cunha Velho, num a acto marcado por festa e entusiasmo dos alunos para regressar às aulas.
A unidade escolar, construída à luz do Programa de Investimento Públicos (PIP), foi projectada para alunos da iniciação a 6ª classe, e está apetrechada com mobiliário moderno.
A menina Yuracelma Canjamba, nove anos de idade, que leu a mensagem da comunidade, manifestou alegria e gratidão pelo facto de a infra-estrutura “estar dentro dos padrões, dimensão e qualidade, como tendência do novo paradigma do sector da Educação”. Ela disse que, durante longos anos as crianças da localidade, situada a 25 quilómetros da sede municipal, percorriam longas distância para irem à escola. O director municipal da Educação da Chibia, Rafael Manuel, disse que as autoridades locais contam com a comparticipação da comunidade para a construção de residências para os professores . “Temos de construir residências para os professores na localidade para que eles permaneçam lá durante o ano lectivo”, disse.

Tempo

Multimédia