Províncias

Abastecimento de energia está a melhorar no Quipungo

João Luhaco | Lubango

O abastecimento de energia eléctrica em alguns bairros na vila do Quipungo, na província da Huila, é melhorado em breve, fruto de um trabalho de ampliação e reabilitação da rede de distribuição, que a administração local e a ENDE estão a implementar.

A administradora municipal do Quipungo, Amélia Casimiro, que segunda-feira, prestou esta informação à imprensa, reconheceu que ainda precisa ser feito muito trabalho a nível da distribuição de energia nos bairros da referida vila.
“Falta energia em alguns bairros do nosso município. Continuamos a trabalhar com os técnicos da empresa de distribuição de energia da nossa província, para que estes assuntos sejam ultrapassados, mas precisamos de continuamente receber a informação dos representantes nos bairros, para sabermos o que se passa de facto em cada zona e como nós poderemos dar o nosso contributo para resolvermos”, disse Amélia Casimiro.
O director municipal para os serviços técnicos no Quipungo, Graciano Tulitunde, assegurou que a energia eléctrica no município é fornecida a partir da central eléctrica da Barragem da Matala. Informou ainda que a nível do município estão instalados três transformadores, que distribuem energia eléctrica à sede municipal. Explicou que a rede de distribuição na vila abrange o bairro 7, o da Catutula, Massumba, Chivanda e Mavinda 2, cujos consumidores  têm feito o pagamento regular das suas tarifas.
“Há necessidade da expansão da rede de distribuição, porque existem bairros que ela não atinge por insuficiência de postos transformadores. A energia chega de vez em quando,  com pequenas deficiências, nos bairros mais distantes da sede municipal, inclusive a própria iluminação na via principal”, frisou.
Graciano Tulitunde garantiu que estão a aguardar das estruturas superiores a deliberação para a aquisição de mais transformadores, “de forma que possamos fazer a energia chegar até as zonas que ainda não se beneficiaram, assim como a nova centralidade do município”, assegurou.
Relativamente à reclamação dos consumidores acerca da má qualidade de energia que recebem, o director dos serviços técnicos do município do Quipungo aconselhou os munícipes a apostarem na compra de  bons fios condutores de energia eléctrica. “O tipo de fio que os consumidores usam faz com que a energia chegue com má qualidade aos bairros. O nosso conselho é de que todos comprem cabos de energia com qualidade, para facilitar à direcção local da ENDE.

Tempo

Multimédia