Províncias

Aberto concurso público para funcionários

Arão Martins | Lubango

A direcção dos Caminhos-de-Ferro de Moçâmedes (CFM) anunciou ontem o início do processo de selecção de quadros, destinado a admitir 640 novos funcionários até ao princípio do mês de Setembro.

Processo de admissão começa com a apresentação da proposta ao Conselho de Administração dos Caminhos-de-Ferro de Moçâmedes
Fotografia: Arimateia Baptista|Lubango

A direcção dos Caminhos-de-Ferro de Moçâmedes (CFM) anunciou ontem o início do processo de selecção de quadros, destinado a admitir 640 novos funcionários até ao princípio do mês de Setembro.
O anunciou foi feito na cidade do Lubango, província da Huíla, pela directora de recursos humanos dos Caminhos-de-Ferro de Moçâmedes, Joana Luís.
Das vagas existentes, 187 destinam-se à província da Huíla, 221 ao Namibe e 216 para o Kuando-Kubango, nas distintas categorias técnicas e administrativas.
O concurso público vai ser realizado pela direcção dos CFM, que contratou uma empresa de direito angolano para o efeito.
O processo de selecção dos candidatos a uma das vagas tem início na próxima segunda-feira.
Joana Luís precisou que vão ser admitidos funcionários para as áreas de contabilidade, recursos humanos, finanças, direcção de explorações, património, segurança ferroviária, direcção de comando, sinalização, entre outros.
O concurso público vai ainda abranger as áreas de secretaria do Conselho de Administração, com a categoria de secretária executiva, empregados de limpeza, técnico superior para segurança ao trabalho, psicólogo e assistente de recursos humanos.Actualmente, os CFM têm 1.224 trabalhadores.

Distribuição de vagas


Do total de vagas disponíveis, nove estão destinadas ao município de Sacumar, Bibala 2 (província do Namíbe) e dois para os municípios da Matala e três para o da Jamba.Na Huíla há ainda uma vaga para o secretariado do Conselho de Administração, com a categoria de secretária executiva, 13 nos recursos humanos, distribuídas em dez para empregada de limpeza, um técnico superior para segurança no trabalho, psicólogo e assistente de recursos humanos.
Para a província do Namibe, estão abertas três vagas para contabilidade e finanças, duas para a área de materiais, 15 na direcção de explorações, duas no património, 42 em segurança ferroviária, 41 no comando e circulação, 44 para o departamento de sinalizações e energia e 72 para a direcção.O Kuando-Kubango tem uma vaga para a contabilidade e finanças, três reservadas à direcção de materiais, dez nas explorações, três no património, 42 segurança ferroviária, 32 para a direcção de comando e circulação e 44 para o departamento de sinalização e energia.
Estão ainda reservadas, para a província, 72 vagas para a direcção comercial e marketing e outras nove para a área de engenharia e manutenção.Joana Luís indicou que os candidatos devem possuir idades entre os 18 e os 40 anos.
Para a província da Huíla, os interessados têm de entregar os documentos na direcção do Instituto Superior Gregório Semedo, no Namíbe no Instituto Superior Politécnico, enquanto no Kuando-Kubango os processos são entregues no Governo Provincial, entre as 8h00 e 15h00, de segunda a sexta-feira.

Testes psicotécnicos


O técnico da empresa responsável pela selecção, Miguel Manuel, disse que o processo começou com a apresentação da proposta à direcção do Conselho de Administração do Caminhos-de-Ferro de Moçamedes, garantindo que vai cumprir as diversas etapas até à aplicação dos testes psicotécnicos, assim que for feita a triagem dos candidatos.

Tempo

Multimédia