Províncias

Académica defende investigação científica

Domingos Mucuta | Lubango

A cultura de investigação científica pelos estudantes do ensino superior deve ser fortalecida e incentivada para a busca constante de soluções para os problemas sociais, defendeu no Lubango a docente universitária do Instituto Superior de Ciência de Educação (ISCED).

Marcelina Gomes disse que a formação e educação da juventude deve assentar no conhecimento científico e nos valores positivos da cultura nacional, procurando soluções para os diversos problemas sociais.
“É na universidade onde este aspecto deve vincar. Cada um é chamado a contribuir com o que tem. Não haverá desenvolvimento real nem modernização do país sem uma geração formada, estruturada e capaz”, frisou.

Escola no Bié

 Uma escola do II ciclo do ensino secundário, com seis salas de aulas, foi inaugurada na comuna do Cayeye pela administradora municipal, Maria Lúcia Chicapa, na presença do governador do Bié, Boavida Neto.
 O estabelecimento escolar denominado “4 de Abril” vai receber mais de 500 alunos do ensino médio, em dois turnos.     O governador do Bié, Boavida Neto, frisou que a construção da escola enquadra-se num  programa do Executivo que visa expandir o ensino médio em diversas localidades da província.

Tempo

Multimédia