Províncias

Acesso ao ensino está mais facilitado

Estanislau Costa | Lubango

O processo de aprendizagem de crianças em idade escolar registou na Huíla evolução considerável nos últimos sete anos devido à construção de escolas e melhoria das condições de ensino, refere um relatório da Direcção Provincial da Ciência e Tecnologia.

O documento salienta que para as melhorias registadas contribuíram igualmente a admissão de professores sujeitos a constantes acções de actualização, distribuição gratuita de material escolar até ao primeiro ciclo e o programa de merenda escolar que contribui para redução de faltas dos alunos às aulas.
O relatório recorda que em 2006 havia 494.035 alunos matriculados e que este ano há 746.321.  O crescimento e o acesso facilitado ao processo de ensino e aprendizagem, salienta o documento, estão também relacionados com a construção e reabilitação de salas e o facto de haver escolas perto dos locais de habitação, o que leva os pais a incentivam os filhos a ir às aulas.
 O relatório revela que em 2008 havia 4551 salas devidamente e­quipadas, há quatro anos, 5.054, há três, 5.161, há dois, 5.956, há um, 6.109 salas e agora, 6.254.
O director  da Educação disse na abertura do ano lectivo que o processo de educação e instrução na Huíla é garantido por 21 mil professores. Américo Chicoti recordou que o objectivo da formação contínua dos professores é melhorar a qualidade de ensino .

Tempo

Multimédia