Províncias

Administração local realoja famílias

Arão Martins | Lubango

As pessoas do Lubango que ainda vivem em zonas de risco e de requalificação urbana têm lotes garantidos em áreas seguras, disse o administrador municipal.

Vista parcial da cidade do Lubango cuja Administração Municipal tem lotes disponíveis para a autoconstrução dirigida
Fotografia: Arimateia Baptista | Lubango

Francisco Barros afirmou que a Administração Municipal ainda tem perto de dez mil lotes para autoconstrução dirigida que começam a ser distribuídos em breve e que estão a ser preparados outros nas comunas de Quilemba, Arimba, Hoque e Figueira. Quem entregou os processos na Administração Municipal, referiu, recebe nos próximos tempos, no âmbito do Programa de Fomento Habitacional, lotes destinados a autoconstrução dirigida. Francisco Barros declarou que a Administração Municipal está a criar uma base de dados para evitar que a mesma pessoa receba mais de dois lotes
A prioridade na atribuição de lotes, prosseguiu, é dada aos que vivem em áreas a serem requalificadas e nas consideradas de risco. O administrador afirmou estar satisfeito com o comportamento de muitas famílias que construíram ao longo do traçado que liga o bairro do Lucrécia à Escola 27 de Março, passando pelo Supermercado Milénio, que após receberem casas na centralidade da Eywa abandonaram voluntariamente as antigas.
O Governo Provincial, insistiu, continua empenhado na criação de condições para que quem vive em zonas de requalificação receba casas e lotes de mil metros quadrados nos espaços destinados a construção, que vai contar com serviços básicos.

Tempo

Multimédia