Províncias

Aeroporto internacional conc­luído

André Amaro|Lubango

As obras de construção e modernização do Aeroporto Internacional do Lubango são entregues às autoridades governamentais ainda este mês, estando a sua execução física concluída em 99 por cento.

Parte frontal do aeroporto internacional da Huíla a ser inaugurado dentro de dias na cidade do Lubango
Fotografia: Estanislau Costa

As obras de construção e modernização do aeroporto internacional do Lubango são entregues às autoridades governamentais ainda este mês, estando a sua execução física concluída em 99 por cento.
O coordenador da empresa fiscalizadora, Marcos Boa-Hora, disse que “só precisam de mais dez dias para concluir com a parte que falta e entregar ao Governo. Faltam alguns detalhes do acabamento, instalação da esteira de bagagem e equipamentos informáticos”.
Explicou que a obra envolveu a construção da pista principal, auxiliar e de táxi, terminal de passageiros com um piso, torre de controlo, central de combate a incêndios, reservatório de água e parque de estacionamento.
Marcos Boa-Hora disse que o novo aeroporto está apetrechado com equipamento moderno e recomendado pelos parâmentos internacionais. As novas condições do aeroporto permitem receber aviões de grande porte e prestar serviço de qualidade.
O novo aeroporto internacional do Lubango tem uma pista principal, com três mil e 200 metros, contra os dois mil e 900 metros anteriores. A placa de estacionamento tem dez metros de largura e 375 de comprimento.
O novo aeroporto conta ainda com pista de circulação e caminhos de acesso para as aeronaves, reservatório de água com capacidade para 400 mil litros, serviços de Bombeiros com equipamentos modernos.
O terminal de passageiros, com dois pisos, está erguido numa área de seis mil e 800 metros quadrados e é composto por quatro escadas rolantes, quatro escadas normais, salas de embarque e desembarque para voos domésticos e internacionais, restaurante e sete lojas.
O sistema de segurança é assegurado por várias câmaras de filmagem, salas para serviço de emigração, lavabos, nove balcões de atendimento aos passageiros, esteira de bagagem e acessos para portadores de deficiência.
A torre de controlo tem 23 metros de altura e comporta um elevador, escada, salas técnicas equipadas com material informático capaz de visualizar as duas cabeceiras da pista. O parque de estacionamento está projectado para mais de 300 viaturas.
O novo empreendimento foi visitado pelo primeiro secretário municipal do MPLA, Alberto Pedro, que se manifestou satisfeito com o aeroporto internacional, pois trata-se de um empreendimento que confere outra imagem à cidade do Lubango e está em condições de prestar melhores serviços à população.

Estradas

Pelo menos 74 quilómetros de estrada do troço entre Caconda e Caluquembe, norte da Huíla, estão completamente asfaltados, faltando apenas a colocação da sinalização.
As obras registam esta semana a sua fase final, com a colocação da sinalização de trânsito vertical e horizontal.
Em declarações à Angop, o administrador de Caconda, Adão César, salientou que este troço garante a ligação da comuna do Cusse, sede deste município, e a de Caluquembe.
Considerou que a reabilitação desta importante via na ligação entre o Sul e Centro do país, através da província do Huambo, permitiu aumentar o tráfego na região.
Esta via une-se a que parte do Lubango, passando por Cacula e com destino a Caluquembe, já concluída em Agosto deste ano, disse.
Iniciadas em Fevereiro do ano passado, as obras de reabilitação ficaram orçadas em 18 milhões de dólares.
Os municípios de Caluquembe e Caconda distam 193 e 236 quilómetros da cidade do Lubango, respectivamente.

Tempo

Multimédia