Províncias

Água começa a jorrar nos bairros periféricos

Domingos Mucuta | Lubango

A população dos bairros periféricos da cidade do Lubango vai ver melhorado o abastecimento de água potável, com o lançamento, ontem, no bairro Hélder Neto, do programa de ligações domiciliares inserido no programa de extensão da rede de distribuição, disse, ontem, o director provincial da Energia e Águas, Abel da Costa.

O lançamento das obras, inseridas no Projecto de Desenvolvimento Institucional do Sector das águas na região (PDISA), avaliado em cerca de 572,6 milhões de kwanzas, foi feito  pelo governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipinge.
Prevê-se a instalação 50 quilómetros de rede de distribuição, com várias dimensões de tubagem e 4600 ligações domiciliares nos bairros Hélder Neto, Comercial, Laureamos e Lucrécia, anunciou o director provincial da Energia e Águas, Abel da Costa, que explicou que a rede dos bairros periféricos vai interligar com as condutas de 200 milímetros de águas dos sistemas de captação da Tundavala, Nossa Senhora do Monte e Humpata,  instalados nas principais artérias da cidade.
Os técnicos explicam que a execução do projecto de rede periférica deve superar obstáculos relacionados com a construção desordenada de casas. A cidade do Lubango conta com 6.500 ligações domiciliares com contadores instalados. A projecção para os próximos três anos são 40 mil ligações em todos os bairros.

Tempo

Multimédia