Províncias

Água potável nos domicílios

Arão Martins| Lubango

A população das comunas do Dongo e Tchamutete, esta última sede do município da Jamba, na Huíla, vai começar a consumir água potável a partir de Novembro, graças à reabilitação e ampliação do sistema de produção e distribuição deste bem essencial.

Município da Jamba fica com vários fontenários para alegria da população
Fotografia: Arimateia Baptista| Lubango

A população das comunas do Dongo e Tchamutete, esta última sede do município da Jamba, na Huíla, vai começar a consumir água potável a partir de Novembro, graças à reabilitação e ampliação do sistema de produção e distribuição deste bem essencial.
O sistema, que vai ser inaugurado no âmbito das comemorações do dia da Independência Nacional, vai fornecer água potável ao domicílio, o que beneficiará 330 famílias das duas localidades, e inclui o fornecimento a fontanários.
O administrador municipal da Jamba, Miguel Cassela, disse que as obras de reabilitação tiveram início em Janeiro, no quadro do programa "Água para Todos", que visa melhorar a qualidade de vida das comunidades.
Miguel Cassela referiu que os trabalhos estão na fase final e consistem na ampliação do sistema de armazenamento, substituição da canalização antiga de metal por outra em plástico, colocação de torneiras e contadores. "Actualmente, a água já jorra nas torneiras, mas a inauguração está prevista para Novembro no âmbito das comemorações dos 35º aniversário da Independência Nacional", sublinhou. "Prevemos até 2012 fornecer água potável às populações residentes nas comunas, sectores e aldeias, com a abertura e reabilitação de furos de água", adiantou o administrador.

Tempo

Multimédia