Províncias

Alargamento da rede sanitária foi defendido em Benguela

Maximiano Filipe | Benguela

Parteiras das unidades hospitalares da província de Benguela, num número superior a 30, apelaram às autoridades no sentido de dinamizarem a construção da rede sanitária em todo o espaço do território benguelense.

Parteiras das unidades hospitalares da província de Benguela, num número superior a 30, apelaram às autoridades no sentido de dinamizarem a construção da rede sanitária em todo o espaço do território benguelense.
“Apelamos ao alargamento da rede sanitária, baseada na construção de mais hospitais, postos médicos e centros de saúde em todas as localidades da província, com realce para as comunas, municípios, povoações e aldeias do interior”, refere o comunicado.
O encontro avaliou os mecanismos de prevenção de doenças na mulher grávida e recolheu contribuições dos participantes tendentes à criação de condições para o estancamento desse fenómeno junto das comunidades.
O director provincial da Saúde, Valentino Kaliengue, afirmou que os pacientes que aderem às unidades sanitárias da província têm vindo a beneficiar de acções de sensibilização e educação sobre os cuidados primários de prevenção de doenças.
Valentino Kaliengue acrescentou que os cuidados de prevenção de doenças à mulher grávida aumentaram porque  há  campanhas de distribuição de mosquiteiros a mulheres grávidas e às crianças .

Tempo

Multimédia