Províncias

Aldeia SOS apoia crianças do Lubango

ARÃO MARTINS | Lubango

Crianças em risco de perder os cuidados parentais foram, até Outubro último, assistidas pela Aldeia de Crianças SOS do Lubango, província da Huíla, no quadro do programa de fortalecimento familiar.


 
Crianças em risco de perder os cuidados parentais foram, até Outubro último, assistidas pela Aldeia de Crianças SOS do Lubango, província da Huíla, no quadro do programa de fortalecimento familiar.
A informação foi prestada terça-feira ao Jornal de Angola pelo director geral da instituição, Artur Daniel Catihe, ao balancear as actividades desenvolvidas pela Aldeia de Crianças SOS do Lubango.
Artur Catihe disse que, a par do apoio às crianças em risco de perder os cuidados parentais, a aldeia SOS do Lubango apoiou também 900 crianças em cuidados de saúde e educação. Para a causa das crianças, a aldeia tem o apoio de 100 amigos comprometidos. “Quando falamos de crianças,são as órfãs e abandonadas e aquelas em risco de perder os cuidados parentais”, disse.
A instituição tem internados 130 menores. Uma criança, na aldeia SOS, encontra uma família, uma mãe que presta todos os cuidados essenciais.
Artur Catihe esclareceu que existem também jovens que  saem da casa dos familiares e  são inseridos nos cursos académicos e profissionais.

Tempo

Multimédia