Províncias

Antigos militares deficientes recebem viaturas adaptadas

Arão Martins | Lubango

Antigos combatentes e veteranos da pátria receberam, no Lubango, província da Huíla, viaturas adaptadas para deficientes dos membros superiores e inferiores, em cerimónia presidida pelo governador provincial, João Marcelino Tyipinge.

Antigos combatentes entre as prioridades
Fotografia: Arimateia Baptista| Huíla

Foram entregues, numa primeira fase, 18 viaturas, no âmbito de um programa do Executivo que visa proporcionar bem-estar aos antigos combates e veteranos da pátria e seus dependentes.
Agostinho Chitumba, 54 anos, o primeiro cidadão a receber as chaves do seu carro, confessou estar surpreso com a entrega da viatura, que permitem que a sua mobilidade seja feita com mais rapidez.
O director provincial dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Benjamim Kapata, informou que as viaturas foram adquiridas pelo Executivo no âmbito do programa de melhoria da qualidade de vida dos beneficiários e seus dependentes.
Benjamim Kapata disse que foram já contemplados cidadãos que vivem nos municípios da Matala, Lubango, Caluquembe, Caconda, Quilengues, Chipindo e Cuvango. Ele aconselhou os beneficiários a obterem a carta de condução para estarem habilitados a conduzirem uma viatura.
Anunciou que dados estatísticos apontam para mais de 30 deficientes de guerra com dois membros inferiores e ou superiores amputados durante a guerra.
Benjamim Kapata esclareceu que na província da Huíla já foram distribuídas, por duas vezes, mais de 20 motorizadas de três rodas.
Disse que foram distribuídos quatro tractores em 2012, que estão a beneficiar quatro cooperativas agrícolas integradas por antigos combatentes e veteranos da pátria dos municípios do Lubango, Jamba, Caluquembe e Humpata.

Tempo

Multimédia