Províncias

Armazém de fármacos em construção na Huíla

Arão Martins i Lubango

O depósito e a conservação de medicamentos e vacinas na província da Huíla vão ter, em breve, um armazém central, cujas obras são concluídas na centralidade da Eywa, arredores da cidade do Lubango, numa parceria entre o Ministério da Saúde e o Governo Provincial da Huíla.

Medicamentos com melhor conservação
Fotografia: Jornal de Angola|

O empreendimento é erguido pela empresa de construção e engenharia OMATAPALO, numa área de dois mil metros quadrados, com fundos do Programa de Investimentos Públicos.
O armazenamento de medicamentos é feito actualmente no depósito do Hospital Central do Lubango, mas, com a concretização pelo Governo Provincial da Huíla de vários programas de construção de hospitais, centros médicos e postos de saúde, a procura aumentou bastante, disse o director provincial da Saúde, Altino Matias, ao justificar a construção do novo empreendimento.
“A construção do armazém central e depósito, equipados com meios sofisticados para a conservação e armazenamento de medicamentos, é um contributo valioso na promoção do bem-estar das populações”, disse o médico.
O médico referiu que uma comissão da Organização Mundial da Saúde visitou recentemente as infra-estruturas que estão a ser erguidas  conforme os padrões internacionalmente aceites.  Altino Matias recordou que os municípios da Chibia, Humpata, Caluquembe, Gambos, Cacula, Quipungo, Chipindo, Caconda, Matala, Cuvango, Quilengues, Jamba e Chicomba já têm novas unidades hospitalares e em várias comunas foram erguidos e reabilitados centros de saúde e postos médicos, para cujo abastecimento o novo armazém central é fundamental.

Tempo

Multimédia