Províncias

Aumentam casos de violência em Caluquembe

A repartição municipal da Família e Promoção da Mulher, no município de Caluquembe, registou, desde Janeiro 105 casos de violência doméstica, com maior incidência para 21 por falta de alimentos aos filhos.

A chefe de secção do sector,  Helena Henriques, considerou positivo o trabalho desenvolvido, que passou pela divulgação da Lei Contra a Violência Doméstica. Apontou, igualmente, o abandono de menores, violência física entre casais, adultério por parte da mulher, apropriação indevida de filho, como outros casos que engrossaram os números. Helena Henriques informou que o seu serviço efectuou ainda dez aconselhamentos a casais em conflitos cujos resultados foram positivos e registou cinco pedidos de residências para filhos de pais separados. Para o ano de 2015, a secção municipal da Família e Promoção da Mulher em Caluquembe vai reforçar as acções de sensibilização com apoio das igrejas, partidos políticos, organizações da sociedade civil e Polícia Nacional.

Tempo

Multimédia