Províncias

Aumentam os níveis de abastecimento de água

Arão Martins| Lubango

Alguns bairros da cidade do Lubango vão ter nos próximos dias mais de 1.500 ligações domiciliares, no quadro do projecto “Águas do Lubango”. O director geral do grupo Gauff, que está a realizar os trabalhos, Markus Elbert, informou que o projecto decorre com normalidade.

Técnicos trabalham incansavelmente na remodelação da rede de distribuição de água potável e esperam concluir dentros dos prazos
Fotografia: Nilo Mateus

O projecto está a ser financiado pelo governo alemão, num valor de 90 milhões de euros. Neste momento, disse, decorrem com sucesso os trabalhos de substituição da antiga rede de distribuição no centro da cidade, após ter sido substituída a antiga conduta que liga a nascente da Tundavala à cidade do Lubango.
Os técnicos estão agora a trabalhar no bairro Comercial, na cidade do Lubango, na colocação da rede de distribuição de água, com o uso de tubo do tipo polietileno, com o diâmetro de 150 e 200 milímetros.
O responsável informou que dois quilómetros, dos 31 da rede de distribuição, estão já concluídos no centro da cidade do Lubango e prevê-se efectuar 1.500 ligações domiciliares.
“A colocação das condutas adutoras que liga a Tundavala à cidade do Lubango já está operacional desde o ano passado”, disse, assegurando que os testes de pressão também já foram efectuados em alguns troços.
A remodelação da rede de distribuição de água potável à cidade do Lubango permitiu a colocação de 40 caixas de distribuição.
O projecto de remodelação das captações, produção e distribuição de água permitiu criar 200 postos de trabalho directo a jovens locais. Markus Elbert disse que o projecto contempla ainda a abertura de três furos na área da Tundavala, que começam a ser ensaiados nos próximos dias.
Ao longo dos trabalhos foram encontradas algumas dificuldades por causa das fossas colocadas nos passeios, onde estão a ser colocados os tubos, o que fez com que os prazos de entrega dos trabalhos sejam apenas em Dezembro e não em Outubro, como inicialmente estava previsto. A abertura de mais furos na nascente da Tundavala, constante no projecto, fez com que se aumentasse os níveis de água a ser distribuída na cidade do Lubango, nos próximos dias.
O secretario de Estado das Á­guas, Luís Filipe da Silva, visitou as obras de reabilitação da rede de distribuição de água à cidade do Lubango.
Acompanhado pelo director Nacional das Águas, Lucrécio Costa e do vice-governador provincial da Huíla para o sector económico, Sér­gio da Cunha Velho, o secretário de Estado das Águas disse que o projecto em curso, no centro da cidade do Lubango, vai permitir aumentar e melhorar os níveis de abastecimento e abrangência à população local. Luís Filipe da Silva assegurou que o nível de execução das o­bras no Lubango está a decorrer sem sobressaltos e estão dentro dos prazos estipulados.
“Houve progressos aceitáveis na execução dos trabalhos”, reconheceu o responsável, adiantando que a obra tem um prazo previsto entre dois a dois anos e meio e os trabalhos estão decorrem  dentro do ritmo normal, ou seja, sem qualquer constragimento”, disse.

Tempo

Multimédia