Províncias

Autoconstrução dirigida já tem material

André Amaro | Lubango

O ministro do Urbanismo e Construção, José Ferreira, assegurou, na terça-feira, na cidade do Lubango, que 700 mil kits de construção estão à disposição para o programa nacional de autoconstrução dirigida.

O ministro do Urbanismo e Construção inaugurou na província da Huíla o Instituto Nacional do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano
Fotografia: André Amaro

O ministro do Urbanismo e Construção, José Ferreira, assegurou, na terça-feira, na cidade do Lubango, que 700 mil kits de construção estão à disposição para o programa nacional de autoconstrução dirigida.
O ministro, que inaugurou na cidade do Lubango as instalações do Instituto Nacional de Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano, disse que “a prioridade vai para as províncias com loteamentos dos terrenos adiantados”.
José Ferreira afirmou que o Ministério já possui os primeiros quatro mil kits para entrega aos governos provinciais, para que possam negociar com as populações. O plano traçado, referiu, consiste em pôr à disposição da população, ainda no primeiro semestre, 400 mil kits e 300 mil nos últimos seis meses do ano, no quadro do programa de construção, até 2012, de um milhão de fogos habitacionais.
Os preços deste conjunto de materiais de construção estão ao alcance de todos os populares, pois aqueles que não tiverem capacidade financeira de o fazer podem recorrer ao crédito bancário, através do Fundo do Fomento Habitacional.
O ministro sublinhou que o crédito pode ser amortizado, em prazos que vão de 10 a 15 anos, de forma a facilitar os mais desfavorecidos que têm terreno nas novas urbanizações.
O Ministério do Urbanismo e Construção ainda não tem definido o número de kits a distribuir por província, mas, referiu José Ferreira, este processo vai ser feito de acordo com os lotes de terrenos concedidos.
A vice-governadora da Huíla para área técnica disse que esta iniciativa constitui uma mais-valia na construção dos 35 mil fogos que vão ser construídos, té 2012, na província.
Vitória Correia garantiu que o governo provincial vai acelerar o processo de loteamento dos terrenos para fomentar a autoconstrução dirigida nos 14 municípios.
 
Estruturas dignas  
 
O Instituto Nacional do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano na Huíla (INATDU) tem as estruturas reabilitadas e apetrechadas com meios modernos para responder o Programa Nacional de Urbanismo e Habitação em curso.
O ministro do Urbanismo e Construção, José Ferreira, inaugurou o empreendimento, no âmbito do programa nacional de reabilitação e construção de novos edifícios.
José Ferreira disse que o loteamento de terrenos e a construção de um milhão de fogos habitacionais, até 2012, são acções que vão exigir empenho e dedicação dos quadros do sector.
Além da reabilitação e construção de novos edifícios, o programa do Ministério contempla a requalificação dos recursos humanos e recrutamento de quadros especializados.

Tempo

Multimédia