Províncias

Autoridades traçam novas estratégias

Domingos Mucuta | Lubango

A nova estratégia de vacinação contra a poliomielite, que inclui planificação e campanhas nas comunas, bairros e quarteirões, foi apresentada pelas autoridades sanitárias do município do Lubango.

A metodologia de campanhas de vacinação comunitária contra a pólio tem vantagens por permitir o recrutamento e a selecção de vacinadores residentes nas áreas do grupo alvo
Fotografia: Jornal de Angola

O objectivo é reduzir o tempo das acções de planificação de 15 para cinco dias e as campanhas de vacinação de três para um. O director da Saúde no Lubango disse, na apresentação do programa, que a ideia é descentralizar as campanhas, com a coordenação a partir das comunas, para possibilitar a participação de mais pessoas.
Miguel Domingos afirmou que “a metodologia de campanhas de vacinação comunitária tem vantagens por permitir o recrutamento e a selecção de vacinadores residentes nas áreas do grupo alvo, o que aumenta o número de crianças até aos cinco anos contempladas e a marcação das casas. O início desta nova estratégia que permite erradicar a poliomielite em cinco anos, referiu, depende da criação das estruturas organizativas a nível local. O director da Saúde salientou o interesse de mudar a abordagem do combate à poliomielite para responder aos esforços do Executivo de erradicar a doença de Angola.

Melhores resultados

 A vice-governadora da Huíla para o sector político e social, Maria João Tchipalavela, corroborou a ideia que o objectivo é registar melhores resultados, com a participação comunitária em decisões relacionadas com a saúde das crianças. 
Na Huíla está previsto que de sexta-feira a domingo sejam vacinadas contra a poliomielite 665.201 crianças até aos cinco anos.
A província dispõe de 735.500 doses de vacinas, 1.478 equipas com 379 supervisores, 2956 vacinadores e 78 coordenadores de bairro.
Além disso, tem 98 equipas técnicas de saúde e 5.501 mobilizadores sociais. Desde 2006 que não se regista qualquer caso de poliomielite na Huíla.

Tempo

Multimédia