Províncias

Avenidas ganham nova imagem

Arão Martins | Lubango

As avenidas da sede do município de Caconda, 236 quilómetros a norte da cidade do Lubango, começam a ser asfaltadas com o lançamento, na última semana, do projecto que visa a reparação dos troços rodoviários e construção de sistemas de drenagem.

As avenidas da sede do município de Caconda, 236 quilómetros a norte da cidade do Lubango, começam a ser asfaltadas com o lançamento, na última semana, do projecto que visa a reparação dos troços rodoviários e construção de sistemas de drenagem.
 O governador da província da Huíla, Isaac dos Anjos, que procedeu ao lançamento do arranque da empreitada, solicitou à empresa contratada para o efeito o cumprimento dos prazos e que prime pela qualidade durante a execução dos trabalhos.
 As obras, orçadas em 18 milhões de dólares, com financiamento assegurado pelo Executivo, compreendem a construção e reparação de oito quilómetros de estradas, o que corresponde a 18 ruas. A sede do município vai, deste modo, passar a ter novas ruas, com a construção de estradas noutras áreas da circunscrição.
A empreitada está a cargo da construtora local Planasul e o seu arranque já permitiu criar cem postos de trabalho. O director de obras, Marcos Azarias, explicou que os trabalhos, que englobam todas as ruas de Caconda, incidem na remoção de solos, colocação de nova argila, compactação, drenagem e implantação de novo asfalto com uma espessura de quatro centímetros. Neste momento estão já executadas as obras relacionadas com o nivelamento dos troços e procede-se à limpeza de novas ruas. “Foram criadas as condições técnicas e humanas para que, no prazo de 90 dias, as obras estejam concluídas”, disse.
O administrador municipal de Caconda, Adão César, considerou as obras de construção e reparação das vias da sede como um valor em si, por dar nova imagem à vila, tornando-a mais atraente e acolhedora.
 “Com a nova imagem que a sede vai ganhar a partir do próximo mês de Maio, vamos receber cada vez mais visitantes e turistas nacionais e de outros pontos do mundo, interessados em descobrir e desfrutar os recantos destas paragens”, disse Adão César.
 
Governador provincial pede responsabilidade

As estradas principais e vias secundárias construídas e reparadas pelo governo, para melhorar as condições de circulação de pessoas e mercadorias na província da Huíla, devem ser utilizadas pelos automobilistas com responsabilidade e cuidado, com vista a evitar que as mesmas foco de luto, dor e prejuízos, afirmou o governador Isaac dos Anjos.
O governador fez esta exortação no final de semana, quando discursava no acto consagrado ao 50º aniversário do início da luta armada, realizado no município de Caconda.
 Isaac dos Anjos manifestou preocupação com os vários acidentes registados diariamente nas estradas nacionais e secundárias e afirmou que, apesar das mesmas estarem em bom estado, não é necessário o excesso de velocidade.
 Isaac dos Anjos pediu igualmente aos gestores da província da Huíla um elevado sentido de responsabilidade na gestão da coisa pública. “É necessário trabalharmos com afinco, respeitar as leis e haver um alto sentido de responsabilidade na gestão da coisa pública, para desenvolvermos a província e dar melhor qualidade de vida às populações”.
Afirmou que os apelos do Chefe do Executivo incidem numa maior transparência na gestão da coisa pública, o que implica promover sempre a realização de concursos públicos para a adjudicação de empreitadas para o fornecimento de bens e serviços.
 Isaac dos Anjos afirmou que várias acções que visam o bem-estar das populações têm sido desenvolvidas pelo Executivo, entre as quais a construção de escolas, hospitais, estradas, pontes, caminhos de ferro, fornecimento de água e energia eléctrica, conferindo outro modo de vida às pessoas.

Tempo

Multimédia