Províncias

Capacetes entregues aos mototaxistas

Arão Martins | Caluquembe

As mortes por acidentes de motorizadas no município de Caluquembe, na Huíla, reduziram significativamente nos últimos tempos, com a entrega de capacetes aos mototaxistas e o trabalho de instrução sobre o Código de Estrada, revelou no sábado o administrador da circunscrição. 

Mortes nas estradas reduzem com a entrega de capacetes
Fotografia: M. Machangongo | Edições Novembro

Falando ao Jornal de Angola à margem da cerimónia da entrega de dois mil capacetes na comuna -ede Sandula aos mototaxistas, José Arão Nataniel disse que a ignorância do uso do capacete e a falta de conhecimento das regras de trânsito estão na origem das mortes por acidentes dos moto táxis, recordando que com o trabalho de educação rodoviária houve mudança de comportamento por parte dos utentes de motorizadas.
José Arão Nataniel disse que os moto taxistas desempenham um papel fundamental no município, transportando pessoas e produtos do campo para o centro urbano e vice-versa, daí o interesse das autoridades em potencia-los com meios que sirvam para suas própria segurança e de quem transporta.
“Não podemos deixar  que haja perda de vidas humanas nas nossas estradas por falta de uso de capacete. Por isso, pretendemos continuar  com a acções que visam atenuar os acidentes que ocorrem no município. Em Caluquembe existem escolas de condução que estão a ajudar a instruir os automobilistas e motoqueiros sobre as regras de trânsito”, disse José Arão Nataniel.
A Administração Municipal de Caluquembe em colaboração com o comando municipal da Polícia desenvolvem acções nas escolas e capelinhas que visam disseminar conhecimentos básicos sobre o código de estrada.
O responsável da administração explicou, por outro lado, que boa parte dos motoqueiros  não possuírem documentos que os habilita circular na via.

Tempo

Multimédia